Tecnologia na agricultura: como os drones contribuem com a produtividade?

A tecnologia na agricultura traz evolução ao campo e também diversas vantagens. Hoje é possível gerir a plantação e todos os processos produtivos. O cuidado com a lavoura necessita de alternativas tecnológicas que são essenciais para se obter produtividade e lucratividade. Junto disso, a revolução tecnológica permite facilidade nas operações e evitar grandes perdas.

Tecnologia na agricultura: como os drones contribuem com a produtividade?

O drone é uma opção de gerenciamento que ajuda no controle de pragas, mapeamento, acompanhamento da safra, saúde da plantação, reunião de informações e visualização assertiva do terreno. Com todos esses dados, gera-se economia de tempo e intervenções pontuais que ajudam na tomada de decisão.

O drone para agricultura de precisão auxilia na distribuição do controle biológico uniformemente e racionalmente na plantação. Esses agentes biológicos podem ser vírus, fungos e bactérias (microbiológicos) ou parasitoides ou predadores – nematoides (macrobiológicos) e possuem baixa toxicidade, alta segurança de manuseio e impacto ambiental de baixo risco.

Vantagens de um drone para agricultura de precisão

Drones são veículos aéreos não tripulados (VANTs) que contribuem para a agricultura de precisão. Essa prática combina tecnologia na agricultura para o manejo e gerenciamento da produção, a fim de detalhar a produção, controlar as atividades e estimular a produtividade para maximizá-la.

A automatização das produções agrícolas feitas por um drone na agricultura passa por variados processos. Ele é usado para mapeamento desde o pré-plantio até o fim da safra. No começo, o drone ajuda a mensurar a área que será plantada. Após essa medição, o drone pode calcular se a plantação será, em sua maior parte, eficiente.

Falhas também podem ser vistas com as imagens geradas pelo drone, assim como o mapa da saúde da plantação e o controle biológico da cultura. Todos esses itens fazem parte de um banco de dados que permite aplicar correções rapidamente e auxilia na tomada de decisões.

Dentre os trabalhos que um drone pode realizar, ressaltamos:

  • Estimativas de produtividade
  • Identificação de pragas, ervas daninhas e doenças
  • Índice de vegetação
  • Demarcação de terreno
  • Georreferenciamento
  • Controle biológico e pulverizações
  • Contagem do rebanho
  • Curvas de Nível
  • Cálculo de áreas e volumes
  • Demarcação de terreno

Drones para controle biológico de pragas agrícolas

O desafio dos produtores, hoje, é conseguir controlar a infestação de pragas de forma sustentável. Desse modo, como pode ser feito o controle biológico? A eliminação de doenças e ervas daninhas deve ser feita de forma natural, através de inimigos da própria natureza, sem qualquer intervenção química.

Evitando o uso de herbicidas e inseticidas, o drone para controle biológico de pragas agrícolas ajuda na sustentabilidade, na conservação do meio ambiente, da plantação, dos trabalhadores e também de quem consome os produtos. O biocontrole eficiente e racionalizado é um caminho que visa a economia e diminui o impacto ambiental.

Esse método consiste em soltar na plantação agentes biológicos de controle (microbiológicos e macrobiológicos) que combatem as infestações sem danificar o desenvolvimento do plantio. Dessa forma, o equilíbrio do agroecossistema se mantém em equilíbrio e não há danos prejudiciais à saúde humana, ao ambiente e à lavoura sob o aspecto econômico.

Melhor drone para agricultura de precisão

Os drones de alta tecnologia possibilitam uma produtividade segura mediante o mapeamento constante. Acompanhar de perto o crescimento da lavoura diminui os custos, economiza tempo e deixa o produtor a par do que acontece na plantação. Conheça os tipos de drones que podem ajudar na agricultura:

O Batmap é um drone de asa fixa com 3 horas de autonomia de voo, feito em estrutura de EPO e fibra de carbono, que oferece resistência à impactos e leveza. Em seu alicerce, carrega uma câmera RGB de 24.3 megapixel (Sony A6000), oferece precisão sem pontos de controle, com PPK (correção RTK pós-processada) e seu kit acompanha uma base GPS L1 que corrige as coordenadas do GPS logo após a decolagem.

Já o Spectral conta é um drone multirotor de apenas 2,4kg com 1 hora de autonomia em condições reais e pouco e decolagem automáticos. Ele carrega um sensor multiespectral com velocidade de cruzamento de 8 m/s e foi desenvolvido com frame dobrável para auxiliar no transporte durante as operações. Em sua HardCase, estão todos os itens necessários para o voo.

A Nuvem UAV oferece soluções tecnológicas e todos os drones seguem a conduta proposta pelos órgãos DECEA, ANAC, Anatel e FAA, órgãos responsáveis pelas regulamentações dos veículos aéreos não tripulados.

  • Share post